Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Dom Paulo Mendes Peixoto - 10/03/2018

Revigorar as foras

Compartilhar:

O Brasil é realmente uma grande Nação. Infelizmente, está marcado por forças antagônicas, dispersas e divergentes. O Presidente da República, num país que se intitula democrático, não consegue revigorar os pontos de unidade, principalmente marcado por baixa popularidade. Mas é um país rico em diversidades e qualidades humanas, com possibilidade para revigorar forças.

Entre os cristãos a diversidade também é gritante. Não conseguimos encarar o diálogo como fonte de unidade e, com isso, perdemos as forças de ação. Precisamos, inclusive, “lavar as roupas em casa” e não espalhar maldade no coração das pessoas, se todos nós miramos Jesus Cristo como único Salvador. Sua morte na cruz derrama vigor e coragem para todos os seus seguidores.

Convivemos sob a força de um clima que desafia a paciência das pessoas bem intencionadas. Ninguém pode se dar por perfeito e desaprovar as ações conscientes e sadias dos demais. Só a Palavra de Deus tem a totalidade da perfeição, mas que precisa ser bem interpretada. Corremos o risco de destruir um caminho que foi traçado com tanto esforço, dedicação e com o intuito de acertar.

A história da Salvação é de quem realiza seus objetivos focados na fidelidade e no amor. Na cultura moderna, o caminho pode ser diverso para se chegar ao bem das pessoas e ao seu encontro pessoal com o Deus da vida. Não podemos dispersar as forças com pequenas “brigas” e nem condenar o outro por fazer um trajeto diferente, mas consciente de estar na presença do Senhor.

Perder o foco da unidade significa ficar sem força. O sociólogo polonês Zygmunt Bauman disse: “Estamos em uma situação de verdadeiro dilema: ou nos damos as mãos ou nos juntamos ao cortejo fúnebre do nosso próprio enterro em uma mesma e colossal vala comum”. Não há outro caminho que não seja aquele de revigorar as nossas forças em torno de uma fé comum.

Creio que o mundo precisa olhar mais para Jesus Cristo, mas com olhos de humildade e de confiança. A arrogância nos afasta de Deus, principalmente em certos comportamentos que circulam pelas redes sociais, sem pudor e nem respeito para com o próximo como alvo de perseguição. Isso não ajuda na construção da paz e dissemina sementes que prejudicam os vigores da vida. 

(*) Arcebispo de Uberaba




San Marco - 13jul
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc acredita que o problema de emisso de Carteiras de Trabalho ser resolvido com o apoio do Sine Municipal, que passar a emitir o documento possivelmente ainda neste ano?




JM FORUM
Diante do crescente nmero de moradores de rua e com o fechamento do albergue municipal, a Seds lana nova etapa de poltica de resgate. Na sua opinio, como a situao de rua pode ser revertida em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018