Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
ARTICULISTAS
Tamanho do texto: A A A A
Joo Eurpedes Sabino - 17/02/2017

Eleio na Academia

Compartilhar:

Quis o destino que amanhã, dia 18/02/2017, junto a valiosos acadêmicos, eu esteja concorrendo à presidência da Academia de Letras do Triângulo Mineiro.  Arahilda Gomes Alves, Marta Zednik de Casanova, Antônio Pereira da Silva, Gilberto de Andrade Rezende e Vilma Terezinha Cunha Duarte integram a diretoria que me honra.

Mirando o que nos espera, tenho plena consciência de que temos muito a fazer pelas letras e a cultura em todos os seus segmentos. Meus diletos confrades de diretoria, de mãos dadas comigo, não permitirão que as expectativas e os anseios dos demais acadêmicos sejam frustrados por mim. Neste momento, como deve ser sempre, a união, o afeto e o respeito entre acadêmicos são fatores decisivos para o nosso êxito.

Muitos perguntam: O que é ser acadêmico? E querem saber, também, sobre a propalada “imortalidade”. Respondo que, para ser Acadêmico, é necessário acolher no coração a casa que avaliza suas letras. Já a condição de “imortal” implica em, antes de tudo, se imbuir de grande responsabilidade. Uma vírgula posta é para sempre, ainda que desapareça o papel onde foi escrita. Eis aí o dever do “imortal” e a sua “imortalidade”.

E o desafio de concorrer? Bem, este decorre da sugestão de nossos pares e a determinação do grupo que convidei para estarmos juntos. Juventude, disposição e vontade de servir compõem o perfil de cada aspirante a diretor e diretora. O que vale é o querer com decisão e esses não faltam em nossos corações.

Que venham os votos dos Acadêmicos, a fim de que nós, diretores, possamos corresponder às suas grandezas.




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Projeto de Lei elaborado pela PMU prope o pagamento de taxa para regulamentar a atuao do Uber no municpio. Voc acredita que esta uma medida eficaz para acabar com a queda de brao entre motoristas do aplicativo e taxistas?




JM FORUM
Recentemente, trs alunas de escolas municipais e estadual ficaram entre as melhores do mundo na final do Panamericano de Ginstica Acrobtica, nos Estados Unidos. Para a viagem, as ginastas contaram com patrocnio de empresas locais. Outros grupos no tm a mesma sorte, no entanto. Na sua opinio, o que falta para o setor privado incentivar os estudantes a irem alm das fronteiras?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017