Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Geórgia Santos - 16/05/2013

Oito casamentos entre pessoas do mesmo sexo realizados na cidade

Compartilhar:

Conselho Nacional de Justiça (CNJ) emitiu resolução que obriga cartórios a celebrar o casamento civil e a converter a união estável homoafetiva em casamento. No Cartório de Registro Civil de Uberaba, a determinação já não é mais novidade, pois, desde quando foi aprovada pelo Supremo Tribunal Federal a liberação da união estável homoafetiva, já eram realizados casamentos de pessoas do mesmo sexo. Até o momento oito matrimônios já foram realizados na cidade.

A resolução foi aprovada pelo CNJ na terça-feira passada, sendo que os cartórios não poderão rejeitar o pedido de casamento civil de homossexuais, como acontece atualmente em alguns casos. E ainda visa a dar efetividade à decisão tomada em maio de 2011 pelo Supremo, que liberou a união estável homoafetiva. Segundo a escrevente do Cartório de Registro Civil de Uberaba, Maria de Fátima Silva, depois da aprovação no STF, alguns cartórios recusaram a concretização do casamento civil, o que não aconteceu por aqui, a norma foi seguida assim que aprovada.

“A Promotoria nos encaminhou a determinação logo após a aprovação no STF e desde então estamos realizando casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Oito matrimônios já foram realizados na cidade, e é um procedimento simples, basta nos procurar, o tratamento é o mesmo com qualquer pessoa, independente da orientação sexual, não há por que ter preconceitos”, explica Maria de Fátima.

Portanto, para os interessados em se casar, sendo homossexual ou heterossexual, a documentação é a mesma. Para quem é solteiro, é preciso procurar o cartório com antecedência, em um prazo de dois meses ou no máximo de 45 dias antes do casamento, e apresentar as certidões de nascimento, documento de identidade e CPF (todos xerocopiados na mesma folha). Deve levar também endereço e data de nascimento dos pais, se forem vivos, ou data de falecimento e o local em que morreram. É preciso ficar atento quanto à documentação de quem é divorciado. Para mais informações, basta procurar o Cartório de Registro Civil, localizado na rua Vigário Silva, 166, das 8h às 17h.

Com relação ao número de casais que procuraram o cartório em busca de um casamento homoafetivo, de acordo com Maria de Fátima, não é grande. Ela percebe que alguns têm receio de procurar, mas afirma que não há nenhum tipo de preconceito, todos são atendidos como qualquer outro.



OUTRAS NOTÍCIAS


BRT chega a Uberaba para mudar paradigmas do transporte coletivo (25/01)
Sujeira em área da PMU deixa vendedora indignada (24/01)
Micro-ônibus do “Crack é Possível Vencer” vai monitorar o tráfico (24/01)
Pedágio entre Uberaba e Uberlândia deve ser cobrado a partir de fevereiro (24/01)
Posturas apreende duas toneladas de abacaxi (23/01)
Codau realiza média de 100 manutenções por dia (23/01)
Reuniões no início de implantação do projeto chamam atenção para mudanças (23/01)
Na Artur Machado, problema chama atenção (23/01)
Vazamento de água geram reclamações em bairros da cidade (23/01)
Fim de estacionamento na Leopoldino desagrada comerciantes (23/01)
Cemig se compromete em sanar problemas da iluminação pública até dia 1º do próximo mês (22/01)
Farmácia de Acolhimento da PMU amplia horário de atendimento (22/01)
Moradores do São Benedito ficam sem o fornecimento de energia (22/01)
Rua no Abadia tem frequentes problemas com a iluminação (22/01)
Pace da Aciu vai atender devedores da Prefeitura cobrados judicialmente (22/01)
Reclamações no Procon crescem 21% e setor financeiro lidera (22/01)
Rua no Abadia tem frequentes problemas com a iluminação (22/01)
Comissão do HC registra 20 autorizações para doação de múltiplos órgãos em 2014 (21/01)
Inscrições em busca de vagas para a universidade pelo Sisu terminam na 5ª (21/01)
Motofogs passarão em mais de 40 bairros ao longo da semana (21/01)




Banner Giovanna Prata lateral superior
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Banner blog mais bella
ENQUETE
Com reajuste inferior a inflação e com a chegada dos novos ônibus, você achou justo o reajuste de 10,74% para as passagens de ônibus em Uberaba?




JM FORUM
Se o Brasil adotasse pena de morte para os traficantes de drogas, o consumo diminuiria no nosso País, ou isso não resolveria nada e o consumo continuaria o mesmo?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2015