Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Letcia Morais - 17/02/2017

Funcionrios dos Correios podem fazer greve para garantir direitos

Compartilhar:

Foto/Neto Talmeli

 

Wolnei Capoli, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares de Uberaba e Região, diz que funcionários estão em estado de alerta

Trabalhadores nos Correios estão em estado de alerta, com possibilidade de greve geral. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares de Uberaba e Região (Sintect-URA), Wolnei Capoli, após reunião realizada na tarde de quarta-feira (15), foi deliberado estado de greve, porque os funcionários estão vivenciando momento difícil na empresa.

“As medidas que a direção da empresa vem adotando para fazer essa suposta economia, inclusive, com as notícias de demissão sem justa causa, não agradam à categoria. Nós somos concursados e a empresa prega que está com déficit e, para isto, ela demite trabalhadores?”, questiona, lamentando.

Conforme Wolnei, todos os sindicatos brasileiros têm essa semana para realizar as assembleias para decidir se deliberarão a favor ou não da greve. “As ameaças da empresa de demissão e de compartilhamento no nosso plano médico. Na iminência de descumprimento do acordo coletivo de trabalho, que tem data-base em agosto, nós vamos entrar em greve por período indeterminado”, garante Wolnei Capoli.

Segundo o sindicalista, no sábado (18) e domingo (19), os sindicalistas vão se reunir em Brasília, no Distrito Federal, com a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores para debater essas questões e analisar a possibilidade de greve. Caso não haja acordo, a expectativa é de realizar uma grande manifestação na porta da empresa em Brasília, na segunda-feira (20), às 10h. “Queremos conscientizar a empresa e colocar alternativas para melhorar o quadro da empresa, disponibilizando cargos que hoje são meramente políticos à disposição, e não apenas os de carteiros, atendente”, pontua, acrescentando que, para cada cargo comissionado, a empresa pagaria de quatro a seis carteiros. “Colocando alguns cargos do alto escalão à disposição para salvar a empresa, com certeza, não precisaria mandar embora de forma deliberada os nossos aposentados, não precisa forçar a saída de atendentes, de motoristas e carteiros”, salienta.

Leia também: Prazo para adesão ao demissão voluntária será encerrado hoje



OUTRAS NOTCIAS


PMU e Sindicato Rural daro assistncia a produtores atingidos pelas queimadas (23/08)
Sest/Senat faz blitz contra o uso de drogas por caminhoneiros (23/08)
Indstria mantm nmeros negativos e espera por reformas (23/08)
Sinduscon comemora gerao de emprego positiva na construo (23/08)
Codau aciona a segunda bomba do Rio Claro (23/08)
Servidores municipais participam de curso na Casa do Educador (23/08)
FCU promove 59 Encontro de Folias de Reis de Uberaba no prximo domingo (23/08)
Biblioteca Municipal convida para a abertura da Mostra Fotogrfica 75 anos do ICBC (23/08)
Laboratrio Macrorregional poder ampliar diagnsticos (23/08)
ABCZ lana Marca do PMGZ durante ExpoGentica 2017 (23/08)
Aumento de produo e queda na procura derrubam preo do tomate na Ceasa local (22/08)
Tempo seco aumenta atendimento peditrico nas UPAs em 30% (22/08)
Queimadas devem elevar nmero de pacientes no Hospital da Criana (22/08)
Pesquisa do Procon mostra nova queda no preo dos combustveis; Petrobras anuncia novo aumento (22/08)
Cohagra visa credenciamento de empresas de construo civil para melhorias nos imveis do MCMV (22/08)
Secretarias promovero aes de conscientizao sobre HPV (22/08)
Aeronave sobrevoa regio para mensurar extenso da destruio causada por incndio em canaviais (21/08)
Curso de formao fomenta utilizao de equipamentos tecnolgicos na educao (21/08)
ExpoGentica 2017 ser aberta oficialmente nesta segunda-feira (21/08)
Dia do Campo Limpo tem atividades sobre o fim de embalagens de agrotxicos (20/08)




ESPECIAL DE ANIVERSRIO 2017
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Sem consenso entre os parlamentares, votao sobre o modelo do Restaurante Popular ficar para o ms que vem. Voc a favor da terceirizao da gesto?





JM FORUM
Tempo seco aumenta a incidncia de queimadas. Muitos uberabenses desconsideram as orientaes dos bombeiros e colocam fogo em terrenos para promover sua limpeza. Na sua opinio, o que poderia ser feito para conscientizar a populao?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017