Publicidade
Rádio JM
Canais Facebook Twitter RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
02/05/2012

Uberaba é sede do 1º Fórum de Sociologia do Triângulo

Compartilhar:

No dia 7, das 8h às 18h, o anfiteatro A do Centro Educacional e Administrativo (CEA) da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) será sede do 1º Fórum de Sociologia do Triângulo Mineiro. O objetivo do evento é criar um espaço plural de discussão sobre os atuais desafios do ensino de Sociologia e as condições de trabalho e vida dos professores responsáveis pela disciplina na Educação Básica (Ensino Médio) e Superior.
Segundo o sociólogo e professor da rede estadual Gabriel Mendes, a ideia é reunir professores para a reflexão e o debate em torno dos diversos problemas que os afligem na realização do trabalho, das práticas educativas e possilibidades diante dos atuais desafios do ensino de sociologia. “O que acontece mais é a dificuldade do reconhecimento, por parte da sociedade, da importância do ensino de sociologia, porque a disciplina tem carga horária semanal muito baixa para que os professores trabalhem os conceitos com uma didática mais interessante, e isso é algo que prejudica. Outra coisa, em nível de Brasil, é a própria dificuldade de se criar um currículo básico comum, o que já vem sendo discutido há muito tempo, mas ainda não existe um consenso sobre o conteúdo a ser ensinado. Tudo isso está previsto para ser discutido neste fórum e em um encontro mais amplo, com participação da sociedade, em setembro”, revela o sociólogo.
Além de um espaço de reflexão sobre os problemas comuns que afetam o trabalho docente e de busca coletiva de soluções, o Fórum será também um espaço de deliberação e encaminhamento de propostas e demandas aos órgãos competentes e de mediação de diálogos com as universidades, estreitanto vínculos entre educação básica e superior, pública e privada. A disciplina é obrigatória nas escolas que possuem Ensino Médio desde 2008, mas nem sempre é valorizada, embora tenha atuação que extrapola a sala de aula. “A principal importância do ensino da sociologia, quando foi discutida a obrigatoriedade, juntamente com a filosofia, é de despertar nas pessoas uma consciência crítica, para que alunos possam fazer uma análise da sua comunidade e da importância da família. A sociologia pode contribuir para que exista discussão a respeito até da legitimidade do trabalho do professor, o que os próprios alunos podem fazer para que a violência nas escolas e na sociedade venha a ser contida, entendendo como se dá o debate dentro das escolas onde ainda existe uma estrutura autoritária. A falta de participação dos alunos prejudica seu desenvolvimento, já que eles não têm consciência do papel de cada indivíduo na construção da sociedade melhor”, completa Gabriel Mendes. (TM)






Lateral superir Giovanna
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
Banner revista abril/14

Banner blog mais bella
ENQUETE
A CBF acaba de confirmar o nome de Dunga para técnico da Seleção Brasileira. Você concorda?





JM FORUM
Passadas as emoções da derrota e agora com mais calma, qual é o principal legado da Copa do Mundo para o Brasil?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2014
CMIDIA