JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Mutirão contra a dengue recolhe 70 toneladas de lixo em três meses

Após o Jardim Uberaba, o trabalho segue para o bairro Olinda, enquanto o serviço de motofog também continua sendo realizado no combate ao mosquito

12/06/2019 - 00:00:00. Última atualização: 12/06/2019 - 14:13:40.

Foto/Jairo Chagas


Desde fevereiro a Prefeitura realiza o mutirão de limpeza para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti

Desde fevereiro, equipes do Mutirão de Limpeza 2019 seguem com os trabalhos de remoção de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Nos mais de três meses, 69.590 quilos de lixo foram recolhidos até o dia 7 de junho, segundo os dados divulgados pelo Departamento de Controle de Zoonoses e Endemias da Secretaria de Saúde. De acordo com a programação, as equipes percorrerão o bairro Olinda assim que finalizarem o Jardim Uberaba. 

O serviço de motofogs também segue atuando no combate do mosquito. Os veículos seguem cronograma, percorrendo os bairros com maior número de notificações de casos suspeitos de dengue, de segunda a quinta-feira, em dois períodos do dia, das 5h às 7h e das 17h às 22h. Nas sextas-feiras, os motofogs percorrem o entorno das Unidades de Saúde do município. O UBV pesado (fumacê) segue suspenso, sem previsão de retorno, por falta de insumos, cujo encaminhamento é responsabilidade do Estado.

Até amanhã (13) os motofogs percorrem os bairros Alfredo Freire 2, Ayat Club, Parque Gameleiras e Parque Gameleiras 2, no período matutino, enquanto no vespertino passam pelos bairros Alfredo Freire 1, Alfredo Freire 4 e Parque Gameleiras. No dia 14 os motofogs percorrem o entorno das unidades de saúde. Em casos de dúvidas, denúncias e solicitações, o atendimento ocorre pelo disque-dengue no 3317-4660 ou no telefone 3315-4173.

Atualmente, 175 agentes de combate a endemias (ACEs) do Departamento de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde realizam visitas domiciliares regularmente para orientar moradores, realizar tratamento e eliminação de criadouros. Equipes específicas também realizam o bloqueio de transmissão, com dedetização no entorno dos locais de moradia dos pacientes notificados como casos suspeitos de arboviroses, além das equipes que visitam locais estratégicos, como ferros-velhos, cemitérios e borracharias. 

A Secretaria de Saúde de Uberaba, em parceria com a Codiub – Inteligência Digital, também lançou o aplicativo “Uberaba contra a dengue”, criado para receber endereços e fotos dos locais que são possíveis focos do mosquito. Outra parceria com a Codiub – Inteligência Digital, que está ajudando a SMS a identificar focos do mosquito transmissor da dengue, utiliza imagens captadas por drone para verificar possíveis focos em imóveis fechados.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia