JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 21 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Depósito de valor em juízo libera terreno que seria leiloado na quarta

Justiça do Trabalho retirou o lote que leiloava terreno localizado na avenida Nenê Sabino, no bairro Olinda, avaliado em R$2,5 milhões

19/04/2019 - 00:00:00. - Por Daniela Brito

Justiça do Trabalho retirou o lote que leiloava terreno localizado na avenida Nenê Sabino, no bairro Olinda, avaliado em R$2,5 milhões, da hasta pública que acontece na próxima quarta-feira (24) em Uberaba. A área estava penhorada dentro de ação trabalhista movida contra Comercial Bichuette e Bóscolo Ltda. 

Conforme apurou o Jornal da Manhã, houve a transferência bancária do valor da dívida trabalhista para uma conta judicial e, consequentemente, para processo em tramitação na 2ª Vara do Trabalho. Com isso, o lote foi retirado do leilão. A decisão foi confirmada por meio de despacho assinado pelo juiz do Trabalho Henrique Alves Vilela e publicada no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho.

Os demais lotes continuam na pauta do leilão judicial que acontece na sede da Justiça do Trabalho, localizada na avenida Carmelita Castro Cunha, Vila Olímpica. Os bens são objetos de penhoras em ações trabalhistas que visam a eliminar débitos entre patrão e empregado. No total os lotes somam mais de R$65 milhões. 

O maior deles é referente a fazenda situada no distrito do Desemboque, na comarca de Sacramento, de aproximadamente 4.256 hectares, avaliada em R$51 milhões. Outro lote, avaliado em R$6,5 milhões, decorre de ação movida contra Central Diagnóstica Uberaba. Neste será levado para leilão um prédio comercial de dois pavimentos, em área de 3.886,06 metros quadrados, com 1.611,63 metros quadrados de área construída.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia