JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Cemig diz que PMU não solicitou energia para praça no Costa Teles

Cemig reagiu à informação do município de que a iluminação na praça do Contorno ainda não havia sido acionada por falta de ligação da concessionária

20/03/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 20/03/2019 - 07:38:29.

Foto/Jairo Chagas


Luminárias já estão instaladas no local, mas, segundo a Cemig, ainda falta o padrão, que deve ser instalado pela Prefeitura, que disse que faria o serviço ontem, mas não fez

Após reportagem do Jornal da Manhã mostrar problema de falta de iluminação na praça do Contorno, no bairro Costa Teles, região leste da cidade, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) afirmou, na tarde de ontem, que não existe nenhum pedido de ligação de energia para a referida área. 

Após reclamação de moradores externada em matéria do Jornal da Manhã, a Prefeitura Municipal de Uberaba (PMU) afirmou que o sistema de iluminação só não foi realizado porque a Cemig não havia feito a ligação da rede de energia até o sistema elétrico da praça. No entanto, após consulta ao sistema informatizado, Ivan Magela Rodrigues, gerente de estratégias para o cliente da Cemig, informou que a PMU não efetuou nenhum pedido para ligação de energia elétrica para a praça do Contorno. “Não há pedido para ligação de energia para o local”, esclarece. 

Outro problema é que a Prefeitura não fez a instalação do padrão de entrada do sistema de energia elétrica. Magela esclarece que em uma praça o sistema é o mesmo de uma residência. Primeiro se instala o padrão de entrada e depois solicita-se a ligação da energia elétrica. Nesse caso, a Prefeitura não instalou o padrão de entrada. “O local público também deve ter um padrão de entrada e com a caixa de medição”, afirma. 

Após a afirmação da Cemig, a reportagem do Jornal da Manhã novamente acionou a PMU, que afirmou, em nota, “que o padrão está sendo instalado e esperamos que até hoje a energia na praça já esteja estabelecida. Informações são do engenheiro eletricista Alisson Carramilo, chefe de Departamento de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Sesurb). 

Reportagem constata que padrão para  ligar a eletricidade não está instalado 

Após a Prefeitura (PMU) afirmar estar fazendo instalação de padrão para recebimento de energia na praça do Contorno, no bairro Costa Teles, a reportagem do Jornal da Manhã foi até o local. Eram 16h quando equipe chegou à área e nenhuma ação de instalação estava sendo realizada.

 
A reportagem ouviu dos moradores que nenhum veículo da Prefeitura esteve no local ontem. “Vieram duas pessoas anteontem, mas não eram da Prefeitura, não”, revela comerciante, que afirma ter sido consultada na segunda-feira (18). Ela disse que tubos de passagens dos fios foram tapados pelos moradores, pois estavam com larvas do mosquito Aedes Aegypti.
 
A comerciante, sozinha, pagou este mês R$43 de taxa de iluminação pública sobre o consumo do comércio e mais R$30 da residência. “A gente paga muito caro por esta taxa de iluminação para não ter iluminação”, reclama. O marido da mulher mostrou ainda três sacos de lixo que ele mesmo coletou na praça somente ontem e afirmou que boa parte do consumo de energia é gasta para cortar a grama da praça. “Eu comprei um cortador de grama, fiz uma extensão grande e parte desse consumo é para a limpeza da praça”, finaliza.
 
Até as 16h40 ninguém da PMU passou pelo local onde foi informado que estaria sedo feita a instalação da energia elétrica.
 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia