JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Ebserh nega desabastecimento de insumos básicos no HC/UFTM

Leitora acionou a reportagem apontando morosidade nos processos de aquisição, que leva ao desabastecimento da unidade

18/02/2019 - 00:00:00. - Por Marconi Lima

A reportagem do JM Online recebeu denúncia de uma leitora, que optou por manter sua identidade preservada, sobre o Departamento Jurídico do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC/UFTM). De acordo com a leitora, o setor tem causado muita morosidade nos processos de aquisições, chegando a demorar mais de um ano para analisar se uma aquisição poderá ser feita através dos pregões. “Isso vem causando o desabastecimento do hospital há vários anos”, desabafa.

Ainda no texto enviado ao JM Online, a leitora garante que o prazo legal para que o jurídico analise um processo de aquisição é de 15 dias. Mas, segundo ela, no HC demora anos. “Não há interesse e nem empenho da instituição em adquirir por pregões, que é a regra da lei. No ano passado, somente para se ter uma ideia, foram realizados apenas 37 pregões no ano todo”. Segundo ela, às vezes faltam itens de necessidade básica, tais como luvas e medicamentos, dentre outros.

A reportagem do JM Online encaminhou a reclamação para a Assessoria de Comunicação da UFTM, que respondeu que desde 2013, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) passou a gerir o Hospital de Clínicas. Já a Assessoria de Comunicação da Ebserh garante que a reclamação não procede. “O Hospital não está passando por desabastecimento ou falta de insumos. Por ser um serviço público, todas as compras realizadas na instituição seguem os ditames da Lei 8.666/1993 e os prazos nela estabelecidos”, restringiu-se a dizer.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia