JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Cohagra financiará reforma de 20 casas do Residencial 2000 em projeto piloto

Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande ará no dia 25 o sorteio dos contemplados do programa de reforma de imóveis (Kit Reforma)

15/01/2019 - 00:00:00.

Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra) fará no dia 25 o sorteio dos contemplados do programa de reforma de imóveis (Kit Reforma). O projeto piloto terá início com 20 famílias das 100 cadastradas e, inicialmente, será voltado aos moradores do Residencial 2000. 

Cada imóvel contemplado terá direito a um crédito de R$5 mil, que poderá ser pago em até 48 vezes, com juros mais baixos, como explica o presidente da companhia, Marcos Jammal. “O financiamento será feito diretamente pela Cohagra e a média das prestações será de R$104, e cada mutuário terá direito a reformar um cômodo por vez”, salienta.

O serviço será feito por uma equipe terceirizada e a avaliação de cada imóvel seguirá os critérios de fiscalização feitos pelo departamento de engenharia, que será responsável pela emissão do laudo para a reforma. “Tendo o laudo de liberação em mãos, a obra será autorizada imediatamente. A nossa previsão é de que esses trabalhos se iniciem na semana seguinte ao sorteio e todas as casas já estejam liberadas em, no máximo, dois a três meses”, destaca. 

Todas as famílias cadastradas serão atendidas dentro de uma programação da companhia e, assim que a primeira etapa (projeto piloto) for encerrada, os mutuários subsequentes do Residencial 2000 serão convocados por etapas. Assim que todos forem atendidos, um novo cadastro será autorizado pela Cohagra, estendendo para outros bairros. “O Kit Reforma dará mais dignidade às famílias sorteadas. Muitas casas, infelizmente, estão em situação complicada e de risco. A maioria não tem piso, outras estão sem caixa-d’água, entre outros problemas. Mas vamos trabalhar incisivamente para estender o projeto às demais famílias atendidas pela Cohagra”, explica.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia