JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 25 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Comerciantes do centro se mobilizam em manifestação contra estacionamento rotativo

10/01/2019 - 11:58:01. - Por Daniela Brito Última atualização: 10/01/2019 - 17:00:38.

Comerciantes das áreas centrais preparam manifestação contra a implantação do estacionamento rotativo em Uberaba. A informação é do presidente da Associação Centro Forte, Fábio Lopes. O protesto acontece neste sábado (12), a partir das 11h na Praça Rui Barbosa.

De acordo com ele, os comerciantes não concordam com a forma como foi implantado o sistema, principalmente em ruas residenciais e de pouco movimento comercial. Antigamente, conforme lembra, a chamada Área Azul, ocorria apenas onde existia grande concentração de lojas comerciais. “Hoje, o que se vê é principalmente nas ruas adjacentes, praticamente sem comércio, é a implantação do estacionamento rotativo. Não concordamos com isso. Não é justo”, afirma.

Ainda segundo o dirigente, o manifesto vai chamar a atenção quanto a esta situação, que ocorre principalmente nas ruas transversais de bairros como o São Benedito, por exemplo. Um dos casos é na Major Eustáquio, que é continuação da Ituiutaba, que não possui o estacionamento rotativo. Outro lugar, alvo de questionamento, é na rua do Carmo, no bairro Abadia, onde a maior parte dos imóveis são residenciais e existe apenas um comércio.

Fábio Lopes reitera que não é contrário ao sistema rotativo, lembrando que muitas vagas eram ocupadas, o dia todo, por funcionários de bancos e empresas particulares localizadas no centro e, agora, serão ocupadas, de fato, por clientes. “O cliente não se importa em pagar R$ 2 ou R$ 4, mas o sistema tem que ser revisto e ajustado para não prejudicar os uberabenses”, defende.

Ele também diz que o protesto quer chamar atenção em relação à dificuldade de manusear os totens e os problemas do sistema, que gera falhas para os usuários. Segundo o presidente do Centro Forte, as pessoas não estão boicotando o estacionamento rotativo, mas evitando, em virtude destes erros técnicos e por não saberem manusear os totens, em face da divulgação deficiente da empresa que detém a concessão do serviço e da própria Prefeitura de Uberaba.

“As pessoas não estão utilizando por não saberem mexer nos equipamentos e pelo medo de serem multadas”, completa. Outra situação é quanto aos monitores, que também não são capacitados a auxiliarem os usuários que não sabem operar os totens.

Comerciantes do bairro abadia, principalmente da rua Prudente de Morais, também estão sendo convocados, assim como moradores de ruas residenciais onde houve a implantação do estacionamento rotativo e estão se sentindo prejudicados. “Queremos que o prefeito tenha sensibilidade e regularize todas estas situações’, finaliza Fábio Lopes.

Acompanhe:

Motoristas poderão ter isenção de estacionamento rotativo com Cartão Morador

Idosos e deficientes têm vagas reservadas, mas não terão isenção no estacionamento

Estacionamento rotativo apresenta problemas no primeiro dia de cobrança  

A responsabilidade da administradora da Área Azul

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia