JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Grupo de motoristas da Uber não ligará aplicativo nesta sexta-feira

O ato é um protesto contra às altas taxas cobradas pela empresa aos motoristas; Uber não se posicionou

06/12/2018 - 15:18:20. - Por Letícia Morais Última atualização: 06/12/2018 - 17:14:35.

Foto/Reprodução

Cerca de 100 motoristas da Uber – transporte por aplicativo – afirmam que não vão ligar o aplicativo nesta sexta-feira (7), em protesto às altas taxas cobradas pela empresa. O número corresponde a cerca de 25% do total estimado de motoristas que circula em Uberaba pelo aplicativo. Inclusive, um abraço solidário deverá ocorrer próximo ao Estádio Municipal Engenheiro João Guido (Uberabão), mas ainda não foi definido horário. 

A reportagem do JM Online conversou com um motorista do grupo e, segundo ele, o aplicativo da Uber funcionará normalmente, no entanto, muitos deixarão de ligá-lo para trabalhar. “É um protesto ao absurdo das taxas atuais que a Uber está cobrando da gente. Esperamos que a Uber perceba que está fazendo a gente de escravos, porque os veículos vão sendo desgastados e taxas muito baixas não pagam a manutenção das despesas dos veículos”, afirma.

O motorista explica que a situação é ainda pior no caso dos condutores que trabalham com carros locados. “Esse motorista tem que trabalhar mais de dez horas por dia”, pondera.

Na semana passada, o motorista diz que foi feito um questionário pela empresa, onde os motoristas poderiam reclamar. No entanto, ninguém teria recebido nenhum retorno sobre as reivindicações. “Por isso que estamos tentando essa mobilização, pois ninguém nos dá uma reposta”, acrescenta.

A reportagem já acionou a Uber e aguarda posicionamento. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia