JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Debate na campanha Laço Branco aborda desafios para aplicar a Lei Maria da Penha

Debate técnico aborda desafios na aplicação da Lei Maria da Penha; evento faz parte da campanha Laço Branco

06/12/2018 - 00:00:00. - Por Geórgia Santos Última atualização: 06/12/2018 - 08:17:07.

Sandro Neves


Evento aconteceu nesta quarta-feira na Casa dos Conselhos e reuniu a Direção do Centro Integrado da Mulher e técnicos que atuam em ações de combate à violência contra a mulher

Debate técnico aborda desafios na aplicação da Lei Maria da Penha. O evento, que faz parte da campanha Laço Branco, contou com a presença de representantes de setores relacionados ao tema. O momento foi importante para a apresentação de cada setor envolvido na lei e sugestões.   

A campanha Laço Branco tem como objetivo sensibilizar, envolver e mobilizar pelo fim da violência contra a mulher a partir de diversas ações e promover a equidade de gênero e superação das desigualdades entre homens e mulheres. Em Uberaba, o Centro Integrado da Mulher sempre realiza ações durante a campanha e as atividades começaram no dia 26 de novembro e terminam hoje. Entre ações que já foram promovidas vale destacar o debate técnico sobre aplicação da Lei Maria da Penha.

“É importante esse debate com vários segmentos, pois a aplicação da lei não fica apenas em um setor. Essa conversa que aconteceu entre os serviços é necessária, pois é preciso facilitar o processo para estas mulheres de um órgão para o outro. Às vezes, a mulher chega ao centro de referência, faz a denúncia, e depois é encaminhada para a delegacia, e muitas questionam a necessidade do trâmite, que é preciso seguir e possui prazos, quando algumas desistem do processo. Essa é uma questão que abordamos e precisamos aprimorar”, explica a gerente do CIM, Juciara Moura Limírio.

A oficial do Ministério Público, Francini Moura, que também participou do debate, disse que a Lei Maria da Penha, sendo um instrumento interdisciplinar que envolve o engajamento de várias instituições e órgãos, possui, de fato, uma defasagem nas etapas do atendimento. “É importante um evento como este para que os órgãos envolvidos compreendam toda etapa do processo, para que a rede de atendimento possa colocar os problemas para ser debatidos e assim melhorar internamente em cada um destes órgãos o atendimento, visando a agilização do processo”, explica Francini. 

Hoje (6), a campanha termina com panfletagem e assinatura de termo de compromisso dos homens simpatizantes da causa no entorno das delegacias, no Parque das Américas, no período da tarde.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia