Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Thassiana Macedo - 11/07/2018

Atrasos em repasses prejudicam usurios do Ipsemg em Uberaba

Compartilhar:

Jairo Chagas


Unidade do Ipsemg em Uberaba, onde servidores públicos estão tendo dificuldades de acesso aos serviços

Servidores do Estado de Minas Gerais reclamam de dificuldades na hora de agendar exames ou procedimentos médicos em Uberaba através do convênio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg). O problema é que o Estado não está pagando as clínicas e os profissionais credenciados, por isso muitos serviços como marcação de consultas e exames têm ficado comprometidos.

Em nota, a assessoria do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) disse que “os pagamentos vêm sendo realizados à medida da disponibilidade financeira, obedecendo cronograma e fluxo definidos em lei”. O Ipsemg foi questionado sobre o prazo para regularização dos pagamentos em atraso ou que alterativas poderiam minimizar as dificuldades que vêm sendo enfrentadas pelos conveniados, mas a assessoria simplesmente não respondeu.

Um laboratório de Uberaba, procurado pela reportagem do Jornal da Manhã, informou que há registros de que a situação se agravou em dezembro de 2017. No entanto, como o Estado não honrou os compromissos com fornecedores, clínicas, profissionais e prestadores de serviço, cujos atendimentos gastam muito material pagos todos os meses, não foi possível manter a continuidade dos atendimentos somente até maio deste ano, quando os serviços foram suspensos para conveniados ao Ipsemg.

Além disso, a informação repassada à clínica uberabense é de que não há qualquer previsão de retomada dos pagamentos dos atendimentos já realizados. Por outro lado, os descontos mensais da contribuição de cada servidor continuam ocorrendo sem qualquer interrupção, mesmo com todos os atendimentos suspensos. Situação semelhante vem ocorrendo com os servidores conveniados ao Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais (IPSM), mas algumas clínicas ainda não suspenderam os atendimentos, mesmo com atrasos de pagamentos.

Em fevereiro deste ano, o governo do Estado chegou a divulgar um cronograma para regularizar os atrasos de pagamento aos prestadores de serviços de saúde vinculados ao Ipsemg. Na época, informou que até o fim daquele mês seriam pagos os débitos relativos a outubro e novembro de 2017. Até o fim de março haveria a regularização dos atrasos de dezembro de 2017 e janeiro de 2018, e que, até o fim de abril, seria restabelecida a normalidade dos pagamentos, o que não ocorreu.



OUTRAS NOTCIAS


Mega-Sena segue acumulada e pode pagar hoje prmio de R$ 62 milhes (21/07)
Presidente da CDL/Uberaba participa de assembleia nacional de dirigentes (21/07)
Trabalhadores de Minas Gerais tm novo prazo para sacar abono (21/07)
Campanha de controle do colesterol segue at 8 de agosto nas unidades (21/07)
Agronegcio melhora estradas para as comunidades rurais (21/07)
Obras na praa Rui Barbosa vo interditar o trnsito no domingo (21/07)
Circo do Povo realiza quadrilha neste sbado (21/07)
Campanha de vacinao antirrbica de ces e gatos na zona rural visitar comunidades (21/07)
Biblioteca do Cemea Boa Vista fica em 1 lugar no Prmio Ecofuturo (20/07)
Mais de 5 mil famlias na cidade recebero o Bolsa Famlia com reajuste (20/07)
Empresrios esperam melhoria nas vendas para o 2 semestre (20/07)
Pesquisa do Procon aponta gasolina comum com preo mdio de R$ 4,67 (20/07)
Novos semforos entram em funcionamento na Santana Borges (20/07)
Peirpolis recebe academia ao ar livre (20/07)
Arquidiocese promove evento para a formao de seminaristas (19/07)
Procon Regional apreende produtos em loja de material para construo (19/07)
Por causa de acidentes, Secretaria de Trnsito liga semforos na Santana Borges (19/07)
Projeto de escola rural local selecionado para prmio nacional (19/07)
ExpoCigra Cultural autorizado a captar recursos pela Lei Rouanet (19/07)
S 37% dos permissionrios de vans escolares se recadastraram at agora (19/07)




San Marco - 13jul
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Voc acredita que o problema de emisso de Carteiras de Trabalho ser resolvido com o apoio do Sine Municipal, que passar a emitir o documento possivelmente ainda neste ano?




JM FORUM
Diante do crescente nmero de moradores de rua e com o fechamento do albergue municipal, a Seds lana nova etapa de poltica de resgate. Na sua opinio, como a situao de rua pode ser revertida em Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018