JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 19 de setembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Procon alerta para aumentos abusivos em postos e anuncia pesquisas diárias

Procon vai realizar pesquisas diárias sobre preços dos combustíveis; alguns postos já comunicavam a falta do produto

- Por Geórgia Santos Última atualização: 25/05/2018 - 08:59:45.

Fundação Procon de Uberaba vai realizar pesquisas diárias sobre preços dos combustíveis na cidade. Em alguns postos os empresários já comunicavam a falta do produto, em outros se formaram filas extensas de veículos, uma vez que os motoristas temem a falta nos próximos dias. Diante disso, para evitar abusos ao consumidor, como aconteceu em Brasília, onde o litro da gasolina chegou a ser vendido a R$9,99, o órgão de defesa do consumidor de Uberaba está de olho e fará monitoramento diário.

De acordo com o presidente do Procon, Rodrigo Mateus, o valor dos combustíveis não é tabelado e cada empresário tem a liberdade de aplicar o preço que achar melhor, mas não podem se aproveitar de uma situação de crise e elevar significativamente os valores. “O Procon vai coibir esse tipo de prática. Durante este período realizaremos todos os dias a pesquisa de preços, o que normalmente é feito uma vez na semana. Com isso será possível detectar, com facilidade, as extrapolações, e aqueles que encontrarmos adotando a prática terão de se explicar ao Procon”, revela o presidente do órgão.

Rodrigo destaca que o Procon tem condições de adotar a medida, uma vez que possui bom histórico de registro de preços, com as inúmeras pesquisas que já foram realizadas. Ainda conforme a nota que está sendo enviada pelo Procon pelas redes sociais, o órgão vai autuar os postos infratores por desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor e denunciá-los ao Ministério Público por crime contra as relações de consumo.

Confira a pesquisa realizada pelo Procon nesta quinta-feira clicando aqui ou acessando o site da PMU

Leia mais:

Confira os serviços suspensos na administração municipal

Protesto de caminhoneiros continua em Minas, mesmo após acordo anunciado pelo governo federal

Motoristas fazem manifestação nesta manhã contra aumento dos combustíveis

Frota de veículos do transporte coletivo será reduzida em 50% por conta da greve

Greve dos caminhoneiros pode afetar abastecimento de água

Governo de Minas decreta ponto facultativo no Estado nesta sexta-feira

Greve dos caminhoneiros afeta atendimentos no HC/UFTM

Supermercados devem começar a enfrentar desabastecimento hoje

Concessionárias buscam alternativas para manter o sistema de transporte

Procon alerta para aumentos abusivos em postos e anuncia pesquisas diárias

Notícias Relacionadas

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia