Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Thassiana Macedo - 16/03/2018

Em assembleia, servidores da Educao em Minas decidem manter paralisao

Compartilhar:

Divulgação/Sind-UTE


Professores realizaram manifesto na manhã de ontem, impedindo o trânsito na BR-381

Durante terceira assembleia estadual realizada ontem no pátio da praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em Belo Horizonte, professores e servidores da rede estadual de ensino decidiram mais uma vez continuar a greve por tempo indeterminado. A categoria está parada desde 8 de março para reivindicar o fim do parcelamento dos salários e do 13º, cumprimento dos acordos assinados em 2015, pagamento do piso salarial e atendimento de qualidade pelo Ipsemg.

Como as negociações do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE-MG) com o governo de Minas Gerais ainda não avançaram no sentido de atender às reivindicações da categoria, os professores votaram pela manutenção do movimento até que o governador Fernando Pimentel aceite negociar com os professores. Uma nova assembleia foi aprovada no calendário de lutas para o próximo dia 22.

De manhã, professores realizaram um manifesto impedindo o trânsito na BR-381. Após votarem pela manutenção da greve, os trabalhadores em Educação seguiram em passeata até a praça da Liberdade, onde fizeram manifestação em frente do Palácio da Liberdade. De lá, a categoria seguiu para a praça da Estação, onde ocorreu um ato em homenagem à memória da vereadora Marielle Franco (Psol), assassinada no Rio de Janeiro.

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) informa que o governo está empenhado em cumprir o acordo assinado com a categoria em 2015. A pasta esclarece que os reajustes salariais concedidos por esta gestão representam aumento de 46,75% na remuneração dos professores e demais carreiras da rede estadual. Segundo a secretaria, em janeiro de 2015, quando o governador Fernando Pimentel assumiu, os professores de educação básica recebiam um salário inicial de R$1.455,33 para carga horária semanal de 24 horas, o qual é pago hoje no valor de R$2.135,64.

A pasta reforça ainda que o governo está impedido de enviar o projeto de lei à ALMG para correção dos salários segundo o índice de reajuste do piso nacional, em virtude de ter ultrapassado o limite prudencial de gasto com pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.



OUTRAS NOTCIAS


Com mais de 70ton recolhidas, Mutiro de Limpeza avana; fumac segue cronograma at dia 4 (23/04)
Sagri rene setor agrcola para balano da safra de vero (23/04)
Comea hoje a vacinao contra a gripe; algumas unidades de sade tero horrio estendido (23/04)
Grupo vai monitorar atendimento social (22/04)
Prazo para inscrio no Encceja termina dia 27 (22/04)
Com chuva abundante, safra de Uberaba deve registrar aumento (22/04)
Uniube recebe Hemocentro Mvel para doao de sangue (22/04)
Uberaba ter concerto da Orquestra Municipal no dia 27 de abril (22/04)
A 20 dias do fim do prazo da biometria, 17% dos eleitores ainda no se cadastraram (22/04)
Comea na segunda-feira a Campanha de Vacinao contra a Gripe de 2018 (21/04)
Professores fazem aperfeioamento sobre as relaes tnico-raciais (21/04)
Participao de empresas mineiras na lista suja do trabalho escravo volta a aumentar (21/04)
Nova fase do projeto de gravao de audincias no Frum chega em maio (21/04)
Codau Cultural ter Circuito Jazz amanh no Parque das Barrigudas (21/04)
Transporte clandestino de pessoas ser fiscalizado durante ExpoZebu (21/04)
Uberaba receber neste domingo a 1 Corrida Rstica do Emas (21/04)
Campanha para conscientizao de motoristas e usurios da ciclofaixa acontece neste sbado (21/04)
Comrcio de rua fecha no feriado deste sbado; supermercados abrem (20/04)
Minas assina acordo para converso de multa ambiental em prestao de servio (20/04)
Promotor recomenda a exonerao de familiares de secretrio da PMU (20/04)




San Marco - 20 abril
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje
SINTONIZE

ENQUETE
Coronel Peres, titular da 5 RPM, falou a empresrios na semana passada, afirmando que a criminalidade diminuiu 42% no primeiro trimestre do ano (comparativo a igual perodo em 2017). Voc sente esta queda no dia-a-dia?




JM FORUM
Na sua opinio, o que leva as grandes empresas a diminurem suas participaes em Uberaba ou at mesmo a deixarem a cidade?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018