JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 18 de dezembro de 2018 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Feira livre no Rio de Janeiro começa a operar a partir do dia 21

Equipe da PMU se reuniu ontem com feirantes e moradores e definiram a data para o início da operação, o local e os demais detalhes

Última atualização: 14/11/2017 - 15:18:19.

Equipe da Prefeitura Municipal de Uberaba se reuniu nesta segunda-feira (13) com feirantes e o presidente da Associação de Moradores do Rio de Janeiro para discutir a operação da Feira Livre no bairro. Foi definido que a data para começo das atividades da feira será na terça-feira da próxima semana, dia 21 de novembro, das 16h às 21h. O local será a praça da quadra de esportes do bairro, ao lado do Circo do Povo, na esquina da rua Dr. Vivaldo Silveira com rua Sebastião Gomes da Silva.

A reunião contou com o vice-prefeito, João Giberto Ripposati, secretário adjunto da secretaria de Agronegócio, Carlos Dalberto de Oliveira Júnior/Belzinho, presidente da Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra), Marcos Jammal, superintendente de Transporte, Claudinei Donizete Nunes e superintendente de Trânsito e Mobilidade, Ulisses Teixeira Lamas. “Essa reunião de hoje foi para vistoriarmos junto aos feirantes e as pessoas responsáveis sobre o melhor local para o funcionamento da feira, que não irá atrapalhar o trânsito e as pessoas, e decisões finais para que possa começar a funcionar na próxima semana”, explica Ripposati.

Uma das discussões finais foi sobre a energia para atender os feirantes. De acordo com Marcos Jammal, será feita a montagem do padrão e ligação provisória para que as bancas comecem a funcionar na terça-feira, 21. “Levamos a feira para atender o povo desse bairro, que já tem mais de 4 mil pessoas. É muito melhor que a população ocupe os espaços do Residencial Rio de Janeiro, pois traz mais segurança e oferece opções para os moradores”, pontua o presidente da Cohagra.

Os feirantes e o presidente da associação de moradores, Luiz Fernando Resende de Oliveira ficaram satisfeitos. “A gente vem lutando para trazer a feira já tem um tempo, então é uma primeira vitória, pois queremos trazer mais para o povo do Rio de Janeiro”, ressalta Oliveira. Alexandre Alves Maciel, representante dos feirantes concorda: “A feira vem para somar, para ser mais uma opção de compra e de passeio para os moradores”.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia