JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Estado convoca mais 33 agentes socioeducativos e penitenciários

O governo de MG divulgou no Diário Oficial de 27 de maio nova lista com 894 nomeados que irão integrar o quadro de servidores das secretarias de Estado de Segurança

- Por Thassiana Macedo Última atualização: 30/05/2017 - 07:30:37.

Foto/Arquivo

Para a penitenciária serão destinados 26 agentes à ala masculina e três ao setor feminino

O governo de Minas Gerais divulgou no Diário Oficial de 27 de maio nova lista com 894 nomeados que irão integrar o quadro de servidores das secretarias de Estado de Segurança Pública (Sesp) e Administração Prisional (Seap). Destes, 796 são para o cargo de agente penitenciário, referente ao edital 08/2013, e 98 para o cargo de agente socioeducativo, edital 09/2013. Total de 33 agentes será destinado para Uberaba.

Para a penitenciária "Professor Aluízio Ignácio de Oliveira" foram designados 29 agentes penitenciários, sendo três para a ala feminina e 26 para a masculina. O Centro de Socioeducativo de Uberaba (Ceseub) vai receber quatro novos agentes socioeducativos, sendo uma para a área feminina e três ao setor de internos masculinos.

Segundo a legislação, a penitenciária de Uberaba deveria ter, no mínimo, 600 agentes em serviço, mas lá atuam cerca de 260 profissionais. Além disso, a estrutura da penitenciária de Uberaba foi feita para abrigar até 986 presos, mas que atualmente guarda cerca de 1.500 detentos em recuperação.

Conforme levantamento feito em 2016, o Centro Socioeducativo de Uberaba conta com cerca de 95 servidores, sendo 75 agentes socioeducativos, quatro administrativos e 16 técnicos para o atendimento de aproximadamente 80 adolescentes. Porém, o centro tem capacidade para atender apenas 50 jovens, mas já chegou a abrigar mais de 100 jovens cumprindo medidas socioeducativas. Dessa forma, o Ceseub precisaria de pelo menos 160 servidores para o atendimento adequado aos adolescentes internados.

O governo deve publicar, em junho, o primeiro lote de nomeações para os cargos administrativos e de analistas do setor prisional e da segurança pública. A previsão é que, até novembro, todos os 871 aprovados no concurso da Seap e Sesp já tenham sido nomeados. Os agentes devem tomar posse nas unidades socioeducativas e prisionais em até 30 dias e assumir os cargos em municípios das 18 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), que contemplam todo o Estado. Estes novos servidores irão se juntar aos outros 4.794 nomeados para a segurança, somando 5.688 novos agentes do Estado desde 2016.

Leia mais: Estado convoca novos agentes socioeducativos e penitenciários

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia