Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CIDADE
Tamanho do texto: A A A A
Thassiana Macedo - 21/04/2017

Pelo 3 ms, cidade tem saldo positivo de empregabilidade

Compartilhar:

Foto/Arquivo

Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), mostra que o município manteve o saldo positivo na geração de empregos. No mês de março, o município registrou 3.335 admissões contra 3.221 demissões, abrindo 114 postos de trabalho. Segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, fatores sazonais e conjunturais influenciaram negativamente o mercado no país.

A principal surpresa é a recuperação da indústria de transformação. Em dezembro de 2016, o setor fechou 639 postos de trabalho, mas em janeiro abriu 272 vagas e em fevereiro, 110. No mês passado, as indústrias do município contrataram 920 operários e demitiram 547, gerando 373 postos com carteira assinada nas linhas de produção. Os empreendimentos agropecuários mantiveram a tendência de recuperação iniciada em janeiro, quando foram abertas 37 vagas com carteira assinada. Em março, o setor admitiu 201 trabalhadores rurais e demitiu 142, o que resultou na manutenção de 59 postos formais de trabalho.

No serviço industrial de utilidade pública, 12 pessoas foram admitidas nas fábricas de Uberaba e sete foram desligadas, o que resultou na abertura de cinco postos celetistas. Já o setor de extrativismo mineral contratou sete funcionários e não demitiu trabalhadores formais, o que resultou na abertura de sete vagas. A administração pública não contratou e nem demitiu servidores, fechando o mês com saldo zerado.

Por outro lado, como tem ocorrido há vários meses, o pior desempenho continua sendo do comércio. Os estabelecimentos comerciais contrataram 699 funcionários com carteira assinada, mas demitiram 850, gerando o fechamento de 151 vagas. Logo em seguida aparece novamente a construção civil. O setor de edificação uberabense admitiu 328 empregados, mas demitiu 477, o que causou importante retração na tendência de recuperação no setor, sentida em fevereiro. Com isto, as construtoras encerraram o mês março com o fechamento de 149 empregos celetistas.

O setor de serviços, que vinha apresentando retração contínua do índice de empregabilidade, com o fechamento de 73 vagas em janeiro, ganhou algum fôlego em fevereiro, mas voltou a demitir mais do que contratar. Em março, foram admitidos 1.168 prestadores de serviços e desligados, 1.198. Esse quadro resultou no fechamento de 30 vagas com carteira assinada.



OUTRAS NOTCIAS


STF j tem 10 processos a analisar questionando a reforma trabalhista (17/12)
Armas e munies apreendidas ficaro sob a guarda policial e no da Justia (17/12)
Aparecimento de escorpies aumenta com o clima quente (17/12)
Diferena de preos entre os postos da cidade chega a 26,54% para o etanol (17/12)
Rua onde ficava o Boulanger Pucci ser aberta ao trfego esta semana (17/12)
Educao faz planto a partir de 2 para atender alunos de novos bairros (16/12)
Movimento no terminal rodovirio deve crescer at 30% no Natal (16/12)
Aps entrega de documentos, MP quer explicaes sobre rea do cemitrio (16/12)
Procurador move ao contra lei que permite ocupao de APA (16/12)
Loteamentos na zona rural de Uberaba so comercializados irregularmente (16/12)
1 Mutiro de Conciliao de 2018 est previsto para janeiro (16/12)
Atualizao do Cadastro nico para idosos prorrogado (16/12)
Vigilncia Sanitria inicia fiscalizao sobre venda de culos de sol e grau (15/12)
A 15 dias do fim do prazo, 600 idosos ainda no atualizaram informaes no Cadastro nico (15/12)
Terminam hoje inscries do vestibular de Pedagogia e Matemtica da Faceub (15/12)
Bares e restaurantes esperam vender 15% a mais com festas (15/12)
Policiais militares mineiros vo receber 13 salrio em duas vezes (15/12)
Procon e Posturas interditam seis agncias do Ita (15/12)
Eleies Confea/Crea tem quatro urnas em Uberaba (15/12)
Inaugurada iluminao de Natal no Parque Fernando Costa (15/12)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017