Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
17/02/2017

Portaria do Procon define formas de afixao de preos

Compartilhar:

 O presidente da Fundação Procon/Uberaba, Rodrigo Mateus, baixou portaria que dispõe sobre a oferta e as formas de afixação de preços de produtos e serviços para o consumidor. As regras são fundamentadas na Medida Provisória 764/2016, que trata da diferenciação de preços de bens e serviços oferecidos ao público, em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado.

Foram levados em consideração que compete ao Procon criar instrumentos para o aperfeiçoamento permanente das ações de proteção e defesa dos direitos difusos, coletivos e individuais dos consumidores; e que é direito básico do consumidor receber a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta tributos incidentes e preço, bem como sobre os riscos que apresentem, dentre outros.

A portaria estabelece que o preço dos produtos ou serviços expostos à venda, no interior dos estabelecimentos ou em vitrines, deve ser o preço à vista. Se houver desconto para pagamentos em espécie, deverá constar ainda o valor total à vista em espécie, com o respectivo percentual de desconto concedido. Porém, se houver parcelamento ou outorga de crédito, como financiamento, deverá constar o valor total a ser pago, o número, periodicidade e valor das prestações; os juros e os eventuais acréscimos e encargos que incidirem sobre o valor do financiamento ou parcelamento.

Já os produtos ou serviços expostos à venda dentro dos estabelecimentos ou em vitrines devem ter a etiqueta afixada diretamente no produto, com sua face principal voltada ao consumidor, com a finalidade de garantir a pronta visualização do preço, sem que seja necessário solicitar a intervenção do comerciante.

Configuram infrações ao direito básico do consumidor à informação adequada e clara sobre os produtos, previstas no Código de Proteção e Defesa do Consumidor e na Lei Federal 10.962/04, puníveis por meio de processo administrativo: utilização de letras cujo tamanho não seja igual ou dificulte a percepção da informação, considerada a distância normal de visualização do consumidor; expor produtos cuja etiqueta (ou placa) possuam a mesma cor de fundo dos números e letras; e utilizar de caracteres apagados, rasurados ou borrados.

E ainda: informar apenas do valor da parcela, obrigando o consumidor a fazer o cálculo do valor total; utilizar de referência (código) que deixe o consumidor em dúvida no momento da consulta; atribuir preços distintos para o mesmo item; expor informações escritas na vertical ou em outro ângulo que dificulte sua percepção; expor somente o valor à vista em espécie; e recusar a conceder o desconto constante na oferta.

O texto completo da portaria está na edição do jornal oficial Porta-Voz de quarta-feira (dia 15), no site www.uberaba.mg.gov.br.



OUTRAS NOTCIAS


Asma uma das principais causas de internao entre crianas e idosos (22/10)
Tratamento adequado pode reduzir a cegueira infantil (22/10)
Doena sem cura, o Herpes Zoster pode ser evitado com vacinao (22/10)
Mega-Sena acumula e prmio para prximo concurso estimado em R$ 16 milhes (22/10)
Enem: temas de atualidade so to importantes quanto contedo aprendido em aula (22/10)
Jri condena homem a 15 anos por homicdio na Ligao 798 (21/10)
Juza analisa pedido de priso de blogueiro por descumprir deciso (21/10)
Mega-Sena deste sbado pode pagar R$ 11,5 milhes (21/10)
Adolescentes mortos durante ataque em escola so sepultados em Goinia (21/10)
Senacon investigar areas por dizer que bagagem cobrada baratearia passagens (21/10)
Mais de R$ 1 bilho de abono salarial de 2015 ainda no foram sacados (21/10)
Chuva de meteoros poder ser vista a olho nu neste fim de semana (21/10)
Promotor profere palestra no projeto do Imposto Ativo (20/10)
MP ajuza ao civil contra 22 pessoas por invaso de rea de preservao permanente (20/10)
Gestora judicial desconhece a reativao da Copervale em 2018 (20/10)
Governo autoriza criao de 1,9 mil vagas de trabalho em universidades federais (20/10)
Finep anuncia nova linha de crdito para empresas que investirem em pesquisa (20/10)
Massa falida da Varig vai leiloar 30 imveis da companhia em novembro (20/10)
Com mais 34 mil vagas, setembro o sexto ms de saldo positivo de emprego (20/10)
Receita Federal: fiscalizao de entidades financeiras comea a dar resultado (20/10)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Projeto de Lei elaborado pela PMU prope o pagamento de taxa para regulamentar a atuao do Uber no municpio. Voc acredita que esta uma medida eficaz para acabar com a queda de brao entre motoristas do aplicativo e taxistas?




JM FORUM
Recentemente, trs alunas de escolas municipais e estadual ficaram entre as melhores do mundo na final do Panamericano de Ginstica Acrobtica, nos Estados Unidos. Para a viagem, as ginastas contaram com patrocnio de empresas locais. Outros grupos no tm a mesma sorte, no entanto. Na sua opinio, o que falta para o setor privado incentivar os estudantes a irem alm das fronteiras?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017