JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 22 de abril de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Carga tributária pesou menos em 2009

O peso dos impostos no bolso do brasileiro, em 2009, diminuiu de 34,5% para 33,7% do Produto Interno Bruto (PIB)

Última atualização: 30/03/2010 - 00:50:02.

 O peso dos impostos no bolso do brasileiro, em 2009, diminuiu de 34,5% para 33,7% do Produto Interno Bruto (PIB). Os Estados e municípios são responsáveis por 10,5% e a União, por 23,4% do total. Os dados preliminares do peso da carga tributária sobre a população foram divulgados ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Segundo ele, o número representa a menor carga tributária dos últimos anos, lembrando que houve uma queda de arrecadação devido à crise econômica. O ministro prometeu ainda que o PAC 2 anunciado ontem deve continuar com novas desonerações para estimular a atividade produtiva no país e o consumo.

De 2007 até agora, de acordo com números apresentados por Mantega, a desoneração estimada, incluindo a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (deixou de vigorar 2007), é de R$ 184,611 bilhões.

Pelos números apresentados, o superávit primário ficou em torno de 3,3 a 3,5% a partir de 2002, caindo consideravelmente (2,1%), em 2009, por causa da crise econômica. Este ano o superávit primário voltou para 3,3%, cálculo feito sobre o Produto Interno Bruto (PIB).

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia