JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de maio de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Facebook salvou dados de 1,5 milhão de usuários sem autorização

Além disso, senhas de contas do Instagram e Facebook eram guardadas de forma não segura pela empresa

19/04/2019 - 00:00:00.

Mais uma vez o Facebook mostra que a segurança de dados dos seus usuários está em risco. A empresa armazenou a lista de contatos 1,5 milhão de novos usuários sem o conhecimento dos mesmos. Desde maio de 2016, a plataforma fez o upload do conteúdo para seus servidores sem pedir permissão. A estimativa é que até 1,5 milhão de contatos de e-mail de terceiros pessoas possam ter sido enviados aos servidores. Segundo o Facebook, esses contatos não foram compartilhados com ninguém e a empresa está excluindo eles do sistema.

A questão foi notada pela primeira vez no início de abril, quando o Facebook pedia senhas de e-mail para verificar novos usuários. A empresa disse que esses contatos foram usados para melhorar os sistemas de segmentação de anúncios.

No mês passado, o Facebook revelou que a empresa de mídia social armazenava, por engano, senhas de “centenas de milhões” de usuários do Facebook em texto simples, incluindo “dezenas de milhares” de senhas de seus usuários do Instagram. Agora parece que o incidente é muito pior do que o relatado pela primeira vez.

O Facebook atualizou silenciosamente seu comunicado de imprensa em março, acrescentando que o número real de usuários do Instagram afetados não era de centenas de milhares, mas de milhões. Essas senhas de texto simples para milhões de usuários do Instagram, junto com milhões de usuários do Facebook, eram acessíveis a alguns dos engenheiros do Facebook, que, de acordo com a empresa, não abusaram dela.

A recomendação de especialistas é a mudança periódica de suas senhas do Facebook e do Instagram, mesmo que você não receba nenhum email ou comunicado da empresa. Além disso, é indicado que ative a autenticação de dois fatores para os serviços e evite logar em sites e apps que não conheça com sua conta.

Com informações do Olhar Digital

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia