JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 20 de março de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Coordenador do Detran/MG é exonerado por suspeita de fraudes

A decisão foi tomada depois da circulação de áudios nas redes sociais que indicariam fraudes por parte do delegado

15/03/2019 - 00:00:00.

Foto/reprodução

A corregedoria da Polícia Civil investiga a participação do delegado Claudio Freitas Utsch Moreira por irregularidades no Departamento Nacional de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG). Ele foi exonerado do cargo de delegado-geral e de Coordenador de Operações Policiais (COP). A decisão, fundamentada por unanimidade pelo Órgão Especial do Conselho Superior da PCMG, foi publicada ontem (14). A decisão foi tomada depois da circulação de áudios nas redes sociais que indicariam fraudes por parte do delegado. 

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que a decisão de exonerar o delegado foi tomada por unanimidade pelo Órgão Especial do Conselho Superior, “em razão da circulação de áudios com indicativos de possíveis irregularidades reveladas naquela Coordenação”. “O Chefe da Polícia Civil ao tomar conhecimento do fato determinou à Corregedoria-Geral de Polícia Civil a imediata apuração dos fatos, visando apurar a veracidade dos áudios, individualização da autoria e das condutas irregulares mencionadas nos áudios”.

No documento, também condena a conduta. “A Polícia Civil reafirma seu compromisso institucional de promover a devida apuração da grave denúncia, pois suas ações e atos sempre são pautados nos princípios da legalidade, moralidade, oficialidade e publicidade, não coadunando com nenhum tipo de desvio de conduta de seus servidores”, finalizou.

O delegado Cláudio Utsch terá outro cargo na Polícia Civil. Ele foi transferido para a Divisão de Operações de Telecomunicações (Cepolc), de acordo com o texto da exoneração publicado. 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia