Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
17/07/2017

Pais devem acompanhar o acesso de crianas internet, alertam especialistas

Compartilhar:

Julho é o mês das férias escolares e, com elas, vem a preocupação de muitos pais sobre como os filhos aproveitam o tempo livre. O acesso à internet e às redes sociais é uma das formas de passar o tempo, mas deve ser feito com cuidado para não prejudicar as crianças e adolescentes.

Especialistas concordam que o acesso à rede mundial é um caminho sem volta, e a proibição do uso não é a melhor opção para os pais. O presidente da organização não governamental Safernet, Thiago Tavares, diz que a melhor estratégia continua sendo o diálogo, a conversa franca e a relação de confiança que deve existir entre pais e filhos.

“Da mesma forma que você conversa com seus filhos sobre os riscos que existem ao sair na rua, na escola, no cinema, você diz para ele não aceitar bala de estranhos, você também deve orientá-lo em relação ao uso seguro da internet”, diz. Ele recomenda também o uso de versões customizadas de sites e aplicativos, que selecionam o conteúdo apropriado para crianças.

O especialista não recomenda o monitoramento dos filhos com o uso de softwares espiões. Segundo ele, esses programas passam uma falsa sensação de segurança e podem comprometer a relação de confiança entre pais e filhos.

Espaço público. A mestre em psicologia clínica Laís Fontenelle orienta aos pais acompanhar os acessos virtuais dos filhos da mesma forma como é feito no mundo real. “O mesmo cuidado que tem de ter na internet é o cuidado que tem de ter em um espaço público. Os pais têm de monitorar da mesma forma que monitora a casa do amigo que o filho vai, a praça que vai frequentar, a festa, porque é como se fosse um espaço público, só que virtual”, explica.

No caso de crianças não alfabetizadas, o acesso à internet precisa sempre ser feito com a supervisão de um adulto, diz a psicóloga. “A mediação é imprescindível principalmente para crianças que não estão alfabetizadas. Elas vão com o dedinho no touchscreen [tela do celular ou tablet] e podem cair em um conteúdo que não é adequado para elas, e não têm a maturidade para lidar com o conteúdo que está ali”, adverte.

A psicóloga também “puxa a orelha” dos pais, alertando para a responsabilidade do exemplo dado às crianças. “Não adianta a gente fazer um overposting dos nossos filhos nas redes sociais, expondo tudo que acontece na vida deles: 'ganhou um peniquinho, comeu a primeira papinha' e dizer para eles não fazerem isso. Se a gente não sabe lidar com esses limites claros sobre o que pode ser publicizado sobre a intimidade das nossas vidas, eles nunca vão saber”, diz Laís.

Fonte: Agência Brasil



OUTRAS NOTCIAS


Injeo mensal contra HIV pode substituir tratamento dirio, diz estudo (24/07)
Maioria dos consumidores conectados j fez compras pela internet, diz pesquisa (24/07)
Ateno concurseiros: esto abertas inscries para mais de 16 mil vagas em todo o pas (24/07)
Concesses das rodovias brasileiras esto em situao emergencial, alertam especialistas (24/07)
Corte de verbas pode atrapalhar emisso da carteira de trabalho (24/07)
FMI rebaixa crescimento econmico da Amrica Latina e Caribe (24/07)
Gasolina pode ficar mais cara ainda (24/07)
Volkswagen colaborou ativamente com a ditadura brasileira, diz imprensa alem (24/07)
Projetos culturais tero apoio de R$ 12 mi do BNDES at dezembro (24/07)
Inscries para o Fies comeam nesta tera (24/07)
Dores no corpo aumentam durante o inverno (23/07)
Mdico fala sobre os sintomas do cncer bucal e como evit-lo (23/07)
Para especialista, depresso ps-parto pode estar associada aos hormnios (23/07)
Brasil primeiro a aderir a banco de vacinas contra febre aftosa na Amrica Latina (23/07)
Campanha #SouNegraE marca Dia Internacional da Mulher Negra, celebrado nesta tera (23/07)
Mega-Sena acumulada promete pagar 78 milhes neste sbado (22/07)
Governo mantm projeo de crescimento do PIB (22/07)
Ministrio vai investir R$ 8,5 milhes na modernizao da fiscalizao trabalhista (22/07)
Fies abre 75 mil vagas para o segundo semestre (22/07)
Passaportes comeam a ser produzidos a partir de segunda-feira (24) (22/07)




Boulevard Mall Edson Prata - novo
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Durante o inverno, normalmente as aes de combate ao Aedes aegypti perdem fora. Voc continua fazendo a sua parte?







JM FORUM
Durante o inverno, normalmente as aes de combate ao Aedes aegypti perdem fora. Voc continua fazendo a sua parte?Uberaba est de volta ao Mapa de Turismo de Minas Gerais. Na sua opinio, a conquista trar benefcios ao municpio?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017