Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
17/02/2017

Cresce nmero de matrculas no ensino mdio integral

Compartilhar:

Os dados do Censo Escolar 2016, divulgados nesta quinta-feira (16) pelo Ministério da Educação, mostram que as matrículas no ensino médio integral avançaram 8,6% de 2015 para 2016, enquanto as matrículas no ensino médio regular subiram 0,7% no mesmo período. O percentual de alunos em tempo integral passou de 5,9% em 2015 para 6,4% em 2016.

A educação em tempo integral figura nas metas do Plano Nacional de Educação (PNE) e o desafio proposto é atingir, ao menos, 50% dos alunos de toda a educação básica. Já as matrículas em tempo integral do ensino fundamental caíram 46% em 2016 e o percentual de alunos em tempo integral passou de 16,7% em 2015 para 9,1% em 2016.

O Censo revela desafios para a universalização do acesso a todos os níveis de ensino no País. Segundo o documento, os anos de investimento ainda não provocaram mudanças significativas na educação brasileira. As tendências dos anos anteriores permanecem inalteradas e ainda distantes das metas do Plano Nacional de Educação.

Aprovação. As diferenças das taxas de aprovação entre séries no ensino fundamental e médio mantêm-se rígidas, afetando as taxas de distorção idade-série. A taxa de insucesso na 1ª série do Ensino Médio é a maior de todas na educação básica.

Apesar dos alunos das redes pública e privada apresentarem um risco similar de insucesso no primeiro ano do ensino fundamental, nas séries subsequentes o risco na rede pública é consideravelmente superior.

No ensino fundamental há também diferenças expressivas entre as taxas de aprovação por série. É baixa a aprovação no 3º ano, etapa típica de um aluno de 8 anos. A alfabetização ao final do 3º ano do ensino fundamental é outra meta do Plano Nacional de Educação.

A elevação considerável da distorção idade série no 5º ano mostra que a trajetória dos alunos, já nos anos iniciais, é irregular. O PNE também dá destaque especial à trajetória regular dos estudantes ao propor que 95% dos alunos concluam o ensino fundamental na idade adequada.

Na faixa etária adequada à creche (até 3 anos de idade), o atendimento escolar é de 25,6%, indicando um substancial espaço para ampliação da oferta. O PNE propõe que o atendimento chegue a 50% dessa população, o que representa uma ampliação dos atuais 3,2 milhões para cerca de 6 milhões de matrículas. Para a pré-escola a meta é de universalização do atendimento escolar na faixa etária de 4 a 5 anos. Hoje, 84,3% dessa população é atendida.

O Censo Escolar é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e detalha o número de matrículas iniciais na educação básica das redes públicas municipal e estadual de ensino. Elas referem-se à creche, pré-escola, aos ensinos fundamental e médio, à educação de jovens e adultos e educação especial. Abrange as áreas urbanas e rurais e a educação em tempo parcial e integral.

Clique aqui para acessar as Notas Estatísticas

Clique aqui para acessar a apresentação

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Inep e da Agência Brasil



OUTRAS NOTCIAS


Uberaba tem cerca de 25 mil doadores de medula ssea (17/12)
Plataforma online aproxima e aperfeioa a comunicao entre pacientes e profissionais (17/12)
Cuidados com toda a pele devem ser redobrados durante o vero (17/12)
Por eleio, Temer reduz perodo de horrio de vero a partir do ano que vem (16/12)
Procuradoria recomenda a Caixa que troque todos os vices (16/12)
Infraero diz que alta temporada deve movimentar 21,9 mi de passageiros em seus aeroportos (16/12)
Estudo mundial testar novo anticorpo para preveno ao HIV (16/12)
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justia (16/12)
MEC libera R$ 290 milhes para manuteno e custeio de universidades federais (16/12)
Autorizao para psiclogos aplicarem terapia de reorientao sexual mantida (16/12)
Leilo de linhas de transmisso de energia vo gerar economia de R$620 milhes ao consumidor (16/12)
Aumento de despesas e queda de receitas ameaam sustentabilidade dos Correios (16/12)
Mega-Sena acumulada pode pagar hoje R$ 39 milhes (16/12)
Anvisa divulga novas imagens de advertncia para embalagens de cigarros (16/12)
Fim da neutralidade de rede nos EUA pode ter impactos na internet no Brasil (16/12)
Saiba o que a base nacional que vai orientar currculos das escolas (16/12)
Horrio de vero comear mais tarde em 2018 (16/12)
Inconformados com parcelamento do 13, militares mineiros fecham avenidas na capital (15/12)
Estado apresenta segunda melhor resposta nacional para o tratamento de HIV (15/12)
Minas Gerais tem alta de 36% em servios customizados de tecnologia (15/12)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017