Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
Thassiana Macedo - 17/02/2017

Justia reconhece o direito de saque do FGTS por portador de esclerose mltipla

Compartilhar:

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou provimento ao pedido da Caixa Econômica Federal de remessa oficial de sentença proferida pela 20ª Vara Federal da Seção Judiciária de Minas Gerais. A decisão garantiu a uma mulher o direito de sacar o saldo da sua conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para tratamento de saúde. O objetivo era que a sentença, contrária ao ente público, fosse reapreciada pela instância superior para indeferimento, no entanto o pedido foi negado.

O entendimento do juízo de primeiro grau foi de que ficou demonstrada no processo, por variada documentação, a gravidade da doença da trabalhadora, cujo tratamento é de alto custo, o que demanda recursos financeiros. Considerou ainda que, afastada do trabalho, a paciente não está recebendo salário, mas somente o benefício de auxílio-doença, o que revela a necessidade de lançar mão do saldo existente em sua conta do FGTS.

Na análise, o desembargador federal e relator Néviton Guedes destacou que a jurisprudência tem entendido que em casos excepcionais é possível a liberação do saldo do FGTS em situações não previstas em lei. O magistrado ponderou que o Tribunal Regional Federal tem acolhido pedidos semelhantes aos da paciente, que solicitou o levantamento do saldo de sua conta do FGTS para aquisição de medicamentos necessários ao tratamento da esclerose múltipla, doença que ataca o sistema nervoso central e é considerada crônica.

A partir destas considerações, o colegiado acompanhou o voto do relator e confirmou a sentença que concedeu a garantia do direito de sacar o saldo da sua conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para tratamento de saúde.



OUTRAS NOTCIAS


Uberaba tem cerca de 25 mil doadores de medula ssea (17/12)
Plataforma online aproxima e aperfeioa a comunicao entre pacientes e profissionais (17/12)
Cuidados com toda a pele devem ser redobrados durante o vero (17/12)
Por eleio, Temer reduz perodo de horrio de vero a partir do ano que vem (16/12)
Procuradoria recomenda a Caixa que troque todos os vices (16/12)
Infraero diz que alta temporada deve movimentar 21,9 mi de passageiros em seus aeroportos (16/12)
Estudo mundial testar novo anticorpo para preveno ao HIV (16/12)
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justia (16/12)
MEC libera R$ 290 milhes para manuteno e custeio de universidades federais (16/12)
Autorizao para psiclogos aplicarem terapia de reorientao sexual mantida (16/12)
Leilo de linhas de transmisso de energia vo gerar economia de R$620 milhes ao consumidor (16/12)
Aumento de despesas e queda de receitas ameaam sustentabilidade dos Correios (16/12)
Mega-Sena acumulada pode pagar hoje R$ 39 milhes (16/12)
Anvisa divulga novas imagens de advertncia para embalagens de cigarros (16/12)
Fim da neutralidade de rede nos EUA pode ter impactos na internet no Brasil (16/12)
Saiba o que a base nacional que vai orientar currculos das escolas (16/12)
Horrio de vero comear mais tarde em 2018 (16/12)
Inconformados com parcelamento do 13, militares mineiros fecham avenidas na capital (15/12)
Estado apresenta segunda melhor resposta nacional para o tratamento de HIV (15/12)
Minas Gerais tem alta de 36% em servios customizados de tecnologia (15/12)




EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017