JM Online

Jornal da Manhã 46 anos

Uberaba, 17 de junho de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Interrupção de serviços de telefonia no Triângulo gera ação civil da Promotoria

Medida foi tomada após prejuízos ocasionados pela interrupção dos serviços de telefonia e internet ocasionada por incêndio

- Por Thassiana Macedo Última atualização: 29/05/2016 - 13:36:41.

Ministério Público do Estado, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Cidadão de Uberlândia, ajuizou ação civil pública contra a Algar Telecom, na última quarta-feira (25), a fim de restabelecer totalmente o serviço nos municípios afetados e assegurar os direitos dos consumidores. A medida foi tomada após prejuízos ocasionados pela interrupção dos serviços de telefonia e internet, ocasionada por incêndio em central da empresa.

A ação pede, em caráter liminar, que a empresa reative os serviços a todos os consumidores ligados à Central 3232, que foi alvo do incidente, no prazo de 24 horas a partir da intimação, bem como que os consumidores tenham acesso ao sistema de telefonia “Siga-me”, sem qualquer custo adicional, possibilitando o acesso via telefone celular das chamadas realizadas para o terminal fixo inabilitado.

De acordo com o conteúdo da inicial, o promotor Fernando Martins pede que a Justiça defira pedido definitivo para que a empresa preste o serviço continuamente, sem novas interrupções. Além disso, por meio da ação, a Promotoria solicita que a empresa seja condenada ao pagamento de danos materiais, extrapatrimoniais e desvios produtivos aos consumidores habilitados no processo; pagamento de dano moral coletivo no valor de R$2 milhões, e que não efetue nenhuma cobrança de faturas enquanto os serviços não forem totalmente regularizados.

Segundo dados informados pela Algar Telecom, ao todo, foram afetados pelo incêndio ocorrido na central telefônica de Uberlândia, em 15 de maio, 84.369 consumidores. Ainda conforme a empresa, o trabalho de reparação dos danos já conseguiu restabelecer o funcionamento de cerca de 94% dos telefones fixos afetados, o que significa que o problema já foi resolvido para 79.554 usuários do serviço Algar. A empresa informa que, em Uberaba, 100% dos terminais de telefonia fixa operam normalmente desde a última segunda-feira (23). Em Uberlândia, do total de telefones fixos, mais de 98% já funcionam de maneira regular.

Em nota, a Algar esclarece que ainda não recebeu a notificação do Ministério Público. A companhia reforça que, desde o incidente, mantém contato constante com o órgão para informar da recuperação dos serviços e que todas as medidas para comunicar os clientes estão sendo tomadas seguindo, inclusive, recomendação do Ministério Público. A Algar ressalta que já tem oferecido soluções para viabilizar a comunicação aos clientes, com o desvio de chamadas do telefone para um celular ou outro terminal fixo à preferência do usuário. Para programar, é ligar gratuitamente para 0800-940-1890.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia