Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
CRNICA DO DIA
Tamanho do texto: A A A A
CRNICA DO DIA
26/05/2018

Compartilhar:


OUTRAS COLUNAS



 Todo ano, após a Festa de Pentecostes, a Igreja celebra a solenidade da Trindade Santa, dando destaque para o Pai, no compromisso Criador, o Filho, na dimensão de Salvador e o Espírito Santo, como Guia e Santificador. É uma forma de ver na vida de Jesus a dimensão de sua relação com o Pai e com as pessoas humanas como presença viva do Espírito Santo, que cria relações.

A vida pública de Jesus de Nazaré, o seu comprometimento com as necessidades do povo, principalmente com os mais pobres e necessitados, revela um Deus próximo dos humanos. Ele faz acontecer a vida comunitária como reflexo da intimidade das três Pessoas da Santíssima Trindade. É por isso que Ele diz que o maior mandamento é a prática do amor fraterno, humano e divino.

O sentido profundo da vida humana está na capacidade de dar e receber amor. “Deus é amor” no dizer de São João (1 Jo 4,16). Nessas expressões da Escritura Sagrada está a fonte pura da vida comunitária, do relacionamento cristão entre as pessoas. A família precisa vivenciar essa realidade, onde o amor consegue superar todo tipo de conflito, de egoísmo e de falta de partilha comunitária.

No batismo a pessoa entra na comunidade dos filhos de Deus e participa da vida trinitária. Recebe um nome que a identifica como cristã e envolvida na intimidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Jesus revela essa realidade de forma misteriosa, mas muito concreta na sua própria vida. Ele faz comunidade com aqueles que assumem os seus ensinamentos e o seguem como princípio de vida.

Na Santíssima Trindade está presente o Deus da Aliança, não mais como no Antigo Testamento, mas na figura de Jesus Cristo ressuscitado e presente na vida das comunidades cristãs. Jesus é a Aliança, unindo o céu e a terra como uma “ponte” que permite chegar à eternidade. Nele está o Pai e o Espírito Santo formando uma autêntica e verdadeira família divina, modelo para as famílias hoje.

Diante dessa realidade, o ser humano precisa abrir seu coração, sua mente e deixar-se guiar nos rumos da vida divina. Pela oração criamos proximidade com Deus, mas isso tem reflexo profundo no relacionamento comunitário, na prática da justiça, da honestidade e da fraternidade. Nenhuma sociedade é perfeita, mas pode fazer um caminho que reflete a vida da Trindade Santa. 

(*) Arcebispo de Uberaba







San Marco - 16maio
Editais - 2805 (3)
EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Voc concorda com a alterao do horrio de funcionamento de estabelecimentos comerciais e at mesmo da Prefeitura em decorrncia dos jogos da Seleo na Copa do Mundo?





JM FORUM
Voc acredita na briga de faces criminosas como motivao para as recorrentes mortes de detentos na penitenciria de Uberaba?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2018