Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
GERAL
15/12/2017

Compartilhar:



 Neto Talmeli/PMU


Técnico do Codau e lideranças políticas mostram projeto da represa do rio Uberaba ao ministro das Cidades

Em meio a risco de contingenciamento de recursos federais, representantes do governo municipal se reuniram com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para assegurar a continuidade de liberação de verba para a implantação de represa no rio Uberaba.

O presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, afirma que solicitou o apoio do ministro para que a contenção de gastos não atinja os repasses do contrato de R$52,5 milhões, celebrado entre o Ministério das Cidades e a Prefeitura. “Já foram liberados R$7 milhões do montante e a expectativa é que em 2018 o repasse não cesse. Os valores anuais dessa transferência são na ordem de R$14 milhões”, acrescenta.

No ofício entregue ao ministro, o pedido é que o aporte de recursos para o exercício de 2018 seja mantido na casa de R$14 milhões. As verbas são referentes ao contrato de repasse destinado à implantação de nova captação e novo sistema de adução do rio Claro até o ribeirão Saudade; construção da barragem de acumulação Prainha e nova captação e adução da barragem Prainha até a Estação de Tratamento de Água (ETA).

Na reunião, o projeto uma maquete da bacia hidrográfica do rio Uberaba e rio Claro foram apresentados ao ministro para reforçar a necessidade da obra. “São projetos que objetivam solucionar a crescente demanda por água e o déficit hídrico por que passa o município, historicamente no período de estiagem”, ressaltou o prefeito Paulo Piau.

Já o ministro sinalizou positivamente em manter a liberação dos recursos. “O presidente Michel Temer determinou que possamos contribuir sim e trazer recursos. Iremos analisar todas as possibilidades técnicas para que a gente consiga chegar a uma resposta objetiva do que conseguiremos para ajudar e contribuir para os projetos de Uberaba”, disse.








EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

ENQUETE
Os vereadores aprovaram em segundo turno, por 13 votos a um, o aumento do nmero de cadeiras para a prxima legislao, em 2021. Voc concorda com a proposta?




JM FORUM
Empresas do transporte coletivo solicitam aumento de cerca de 10% no valor da passagem, que pode chegar a R$ 4,17 em 2018. Na sua opinio, o que poderia justificar este aumento?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017