Publicidade Rdio JM
Canais Facebook Twitter RSS RSS
Play Store App Store Estúdio Ao vivo
EDIÇÕES ANTERIORES:
 | 
BUSCA:     

 
GERAL
Tamanho do texto: A A A A
GERAL
24/03/2017

Compartilhar:



Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), o desembargador Domingos Coelho visita hoje as Centrais de Atendimento ao Eleitor de Uberlândia e Uberaba. O objetivo é verificar o andamento do processo de recadastramento biométrico obrigatório do eleitorado, iniciado em fevereiro. A visita à Central de Atendimento em Uberlândia será às 9h30 e à de Uberaba, às 14h45.

Na oportunidade, o desembargador Domingos Coelho também irá visitar os prefeitos de Uberlândia, Odelmo Leão, e de Uberaba, Paulo Piau, para conversarem sobre o projeto de recadastramento biométrico do eleitorado dos dois maiores municípios do Triângulo Mineiro.

Os eleitores dessas cidades, além dos de Contagem e Betim, têm até o dia 9 de fevereiro de 2018 para fazer o procedimento. Quem não comparecer até essa data terá o título cancelado e não poderá votar nas próximas eleições. Para se recadastrar, o eleitor desses municípios deve agendar, obrigatoriamente, o atendimento por meio do site do TRE-MG, através do endereço eletrônico www.tre-mg.jus.br/eleitor/agendamento, ou pelo Disque-Eleitor, pelo telefone 148. Depois disso, é só comparecer à Central de Atendimento indicada no dia e horário marcados. Apenas o eleitor com deficiência física ou mental poderá ser atendido direto na Central.

O objetivo do agendamento é otimizar o tempo de espera e atendimento a cada eleitor de acordo com as instalações físicas e recursos humanos de que dispõem os cartórios. A Central de Atendimento ao Eleitor de Uberaba fica na rua Lauro Borges, nº 97, bairro Estados Unidos, no antigo prédio do Fórum Melo Viana.








EDIÇÃO DE HOJE
Edição de Hoje

Uai Tracker animado
ENQUETE
A Operao Carne Fraca, deflagrada pela Polcia Federal, colocou em xeque a qualidade da carne comercializada no Brasil. O assunto preocupa voc?





JM FORUM
O mais recente LIRAa demonstrou que a infestao do mosquito Aedes aegypti cresceu este ano, na comparao com o mesmo perodo em 2016. Na sua opinio, o que preciso intensificar para reverter este quadro?
Comentar


AS EMPRESAS DO GRUPO JM DE COMUNICAÇÃO
JM Magazine JM Online JM JM Extra JM Rádio Vitória
Todos os direitos reservados ao Jornal da Manhã © 2017